Ocupações e auto-gestão

13532921_1704077949854709_206089721928515709_nMe disseram que as ocupações secundaristas no Rio de Janeiro estão dando um show de auto-gestão, embora elas façam demandas ao estado. Já as universitárias, não sei. Na faculdade onde estudei, o foco principal parece ser a PEC 241. Eu entendo que nem todo mundo na ocupação seja anarquista, então muitos dos participantes naturalmente devem acreditar que é uma boa ideia reivindicar que o governo promova inclusão através de serviços públicos. Afinal de contas, é uma universidade federal. Faz sentido que o estudante de uma instituição do estado queira que a arrecadação fiscal retorne em acesso do povo ao ensino superior.

Eu preferiria que os estudantes universitários, neste momento de união e convívio, aproveitassem a oportunidade para cultivar a auto-gestão e fomentar a independência do poder popular. Digo isso porque não acredito mais em nenhuma solução para a sociedade que não seja uma total mudança estrutural de sua organização. Seguir falando em destruir o capital através de sua manutenção é loucura. Manter também o estado significa manter o maior meio de conservação do capital. No final de contas, lutar politicamente sem apostar numa ruptura é pedir favores de seus inimigos.

Obviamente, tais experimentos limitados de auto-gestão são insuficientes, mas é por isso que falo da importância de aproveitar as oportunidades para cultivar auto-gestão, como  experiências embrionárias de um novo valor na nossa cultura. Do contrário, teremos apenas algumas iniciativas autogeridas dentro de uma sociedade ainda capitalista. A maioria das pessoas espera que o dinheiro de seus impostos garanta serviço estatal gratuito. Mesmo quem prefere sonegar não pode deixar de pagar impostos sobre circulação financeira e de mercadorias. Portanto, é importante aproveitar cada oportunidade para cultivar o valor da auto-gestão para que possamos esperar que, em algum momento no futuro, a auto-gestão abarque toda cadeia produtiva. É preciso começar de alguma forma, mas já tendo em vista o objetivo da autossuficiência libertária.

Anúncios